Picchi

Já faz um tempinho que eu estava morrendo de vontade de conhecer o restaurante Picchi, mas eu sempre acabava esquecendo. Até que outro dia meu pai estava aqui em São Paulo e acabamos indo jantar por lá.

O restaurante do chef Pier Paolo Picchi fica na Oscar Freire, quase com a Padre João Manuel, embaixo de um hotel. E, claro, a comida servida é italiana.

O ambiente é um pouco mais sofisticado, mas nada intimidador. É um sofisticado despojado. O serviço é atencioso, mas um pouco relapso. Várias vezes tínhamos que ficar chamando o garçom para nos trazerem o cardápio, por exemplo.

Resolvemos pedir um vinho e ficamos chocados com os preços. Os valores dos vinhos são absurdos. Por exemplo, vinho que eu sempre compro por R$ 80,00, lá estava por quase R$ 300,00. Ok, vinhos em restaurantes são mais caros, eu sei, mas os valores lá estão fora da realidade. Em contra-partida, os valores dos pratos são bem ok. Estão dentro do esperado.

Enfim, mas vamos ao que interessa, a comida.

O couvert é bem pequeno, mas gostoso. Os pães não vieram quentes, o que para mim, é um erro absurdo nesse tipo de restaurante. Mas as pastinhas estavam bem gostosas.

Couvert

Nos trouxeram uma mini entradinha de cortesia, acho que era um ravioli recheado de batata com molho de tomate. Nos falaram que estavam testando essa opção para saberem se vão colocar no cardápio ou não. Estava muito boa. Eu e meu pai adoramos, só ficamos chateados que a porção era bem pequena.

Entradinha de cortesia

Como prato principal, eu fui de nhoque, claro. Para quem não sabe, nhoque é minha massa favorita e sempre que vou à um restaurante italiano pela primeira vez, minha opção é nhoque. O do Picchi é Gnocchi de Batata Asterix Assada com fonduta de parmesão trufado. Nada mais é, que um nhoque servido num creme de parmesão. Simplesmente fantástico. Amei. Estava, muito, muito, muito bom mesmo. O tamanho da porção também foi ok. Confesso que comeria mais.

Gnocchi de Batata Asterix Assada com fonduta de parmesão trufado

Meu pai foi de ravioli recheado de mortadela, com molho de limão siciliano e amêndoas. Gente, sério, estava divino. Uma combinação perfeita e uma comida bem ao estilo comfort food. O único problema desta opção do meu pai foi o tamanho da porção. Quando o prato chegou até demos risada. Dava para contar a quantidade de ravioli que tinha no prato, e era menor que 10. Tadinho, meu pai saiu com fome de lá. Sei lá, comida italiana servida em módicas quantidades, não funciona.

Ravioli recheado de mortadela, com molho de limão siciliano e amêndoas. DETALHE: FORAM SERVIDOS 8 RAVIOLIS!!!!

 

Mas como disse, os dois pratos estavam deliciosos. Mas eles precisam urgentemente rever o tamanho das porções.

Como estávamos de dieta (pra variar) abolimos a sobremesa e fomos para o cafézinho, que acabou sendo uma ótima supresa. Foi um dos cafés mais baratos que já tomei em São Paulo, apenas R$ 5,00 e ainda eles trazem alguns docinhos de mimo. Gostei!

Café com mimo

De uma forma geral, gostei bastante do Picchi. Mas, como disse, eles precisam rever o tamanho das porções e os valores do vinho.

Fica a dica pessoal 😉

 

Picchi

Rua Oscar Freire, 533 – Jardins – São Paulo, SP – (11) 3065-5560 – Mapa

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.