Saint-Émilion, França

No final de setembro, fui visitar a avó do namorado que mora na região de Bourdeaux e aproveitamos para passear pela região.

Toda a região de Bourdeaux é linda, mas Saint-Émilion é um charme à parte e merece um post exclusivo. Fiquei totalmente apaixonada por essa cidade. Bom, vamos lá.

Saint-Émilion é um lindo vilarejo medieval que fica na região de Bourdeaux, sudoeste da França, e que faz parte do Patrimônio Mundial da Unesco.

 

foto

Saint-Émilion

 

A cidade é bem pequena, em mais ou menos 2 horas é possível andar por todos os lugares com calma. As construções são do século XI e XII e suas vielas entre os prédios dão um toque de charme extra.

 

foto 1

Saint-Émilion – Vielas

foto 3

Saint-Émilion – Vielas

 

Apesar de pequena, possui vários lugares para visitar. Um dos meus locais favoritos, foi a igreja principal onde você pode subir até o sino e encontrar uma das mais belas vistas da cidade.

 

foto 1

Saint-Émilion – vista da igreja

 

Outro programa obrigatório para quem visita Saint-Émilion é conhecer os vinhedos, afinal a cidade é uma das principais produtoras de vinho tinto da região de Bourdeaux. Então, para os amantes de vinho, assim como eu, não deixem de fazer isso.

Nós chegamos em Saint-Émilion por volta das 10h da manhã. Passeamos pela cidade, almoçamos e depois visitamos dois Châteaux.

Como disse, Saint-Émilion é bem pequena e conseguimos passear por toda a cidade em 2 horas e pouquinho. Isso parando em alguns lugares, subindo até o sino da igreja, parando para um café e umas comprinhas, claro.

Minha dica é chegar na cidade e ir direto no centro de turismo deles, pegar um mapa e as chaves dos locais. Sim, vários locais como a igreja ou a torre são trancados e você precisa pegar a chave com eles para conhecer.

Para almoçar escolhemos o restaurante Logis de La Cadène, fantástico. Estávamos em dúvida entre este e o Hostellerie de Laisance, que possui duas estrelas no Michelin, mas este restaurante só funciona durante o jantar, então, ficamos com a primeira opção e não nos arrependemos. Ah! De qualquer forma, é bom fazer reserva, pois os restaurantes em Saint-Émilion são bem pequenos. Mas como disse, a minha recomendação para o almoço é o Logis de La Cadène mesmo. O menu não é grande não, mas possui várias opções, além do menu do dia, que acabamos escolhendo.

 

foto 1

Menu do dia – Aperitivo

foto 2

Menu do dia – Entrada

foto 3

Menu do dia – Prato Principal

foto 4

Menu do dia – Sobremesa

foto 5

Logis de La Cadène – Fachada

 

Depois do almoço, seguimos para nossa visita agendada no Château Cantenac, um vinhedo familiar bem pequeno. Lá fomos recebidos pela mulher de um dos donos, que trabalha com as visitas no Château. Visitamos os vinhedos, conhecemos mais sobre o processo de fabricação do vinho e terminamos com a degustação de 3 vinhos produzidos por eles. Todos muito gostosos.

 

foto 2

Château Cantenac

 

Depois fomos para nossa visita no Château Figeac, um dos principais produtores de vinho da região. Esse Château é enorme e também vimos o processo de fabricação do vinho, passeamos pelos vinhedos e terminamos com a degustação de dois vinhos produzidos por eles. Estes vinhos são realmente muito bons.

 

foto 5

Château Figeac

 

Uma coisa que gostei desses passeios pelos Châteaux foi que acabamos fazendo uma visita em um Château grande e um pequeno. Não foi de propósito, mas acabou sendo bem legal para gente. No menor, acabamos aprendo mais sobre a produção dos vinhos com um todo, curiosidades como, depois de um certo tempo, é proibido regar os vinhedos, manualmente, eles só podem receber água da chuva. No maior, acabamos aprendendo mais sobre os vinhos que eles produzem e não sobre a produção de vinho como um todo. Mas as duas visitas foram muito interessante.

No site de turismo de Saint-Émilion, eles sempre colocam a lista com os Châteaux do dia. Esses Châteaux do dia sempre tem desconto. E para visitar os Châteaux maiores é bom fazer a reserva com antecedência.

Ah! Os Châteaux também sempre possuem uma loja onde você pode comprar os vinhos que eles produzem por um preço ótimo.

Como vocês podem perceber eu realmente AMEI Saint-Émilion, acabamos passando somente um dia por lá, mas é super possível passar um final de semana bem tranquilo só curtindo o charme da cidade. Fica a dica pessoal 😉

Para mais informações, clique aqui.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.