Morar no centro de SP

Há pouco tempo me mudei para o centro de São Paulo. Praça da República, para ser mais exata. Desde então, sempre escuto “Você tem coragem? Não é perigoso?”… Por isso, resolvi escrever este post sobre como é morar no centro.

IMG_3539

Desde que me mudei para São Paulo, em 1998, já morei em diversos bairros: Perdizes, Jardins, Higienópolis, Vila Mariana, Alto de Pinheiros… Mas no centro mesmo, é a primeira vez.

Respondendo a primeira pergunta, “Você tem coragem?”. Na minha opinião, qualquer pessoa que mora ou resolva morar em São Paulo tem que ter muita coragem. Independente do bairro escolhido. É tanta coisa. Trânsito, barulho, correria, gente… Sem coragem (e muito amor pela cidade) é impossível ficar por aqui.

A segunda questão, “Não é perigoso?”. Sim, é perigoso. Mas, de novo, moramos em São Paulo, qualquer lugar aqui é perigoso. Pode ser no centro ou nos Jardins. Infelizmente, São Paulo é uma cidade violenta. Precisamos estar sempre alertas, não importa onde. Aliás, hoje o centro de São Paulo é bem iluminado, cheio de vida e “tão seguro” quanto os melhores bairros da cidade.

Após responder as duas primeiras questões sobre meu bairro atual, sempre falo das vantagens de morar por aqui. Sim, sou apaixonada pelo centro de São Paulo.

Aqui tem de tudo. Tem metrô, tem a Casa do Porco para pegar um sanduíche rápido, tem o Jazz B., o La Casserole, as bancas de flores do Arouche, a feirinha da República aos domingos, o Bar da Dona Onça… Tem o café do Por um Punhado de Dólares, os pastéis de Belém fantásticos da Casa Mathilde e o brunch aos domingos do Paribar.

Sem contar que faço tudo a pé. Caminhando vou para Pinacoteca, Theatro Municipal, Sesc Consolação, Bar Brahma, 25 de Março, claro, e Paula Sousa. Ainda posso trazer para casa as delícias da padaria do Mosteiro São Bento: pão de mel, geléia e pão.

De quebra, da minha janela, posso apreciar os principais cartões postais de São Paulo: Torre do Banespa, Copan, Edifício Itália, Praça da República… E todas essas vantagens, você só tem aqui, no centro de São Paulo.

Ok, você vai falar que cada bairro tem sua vantagem. Nos Jardins, por exemplo, você está do lado da Oscar Freire. Em Pinheiros, você pode curtir a feirinha da Benedito com tranquilidade. Em Perdizes, você pode correr no Parque da Água Branca e se morar no Alto de Pinheiros, poderá ir ao Parque Villa-Lobos. Sim, os bairros de São Paulo oferecem uma ótima infra-estrutura aos seus moradores.

Porém, o centro tem uma pitada a mais: pessoas. Muitas pessoas. Gente dos mais diversos lugares, dos mais diversos tipos. Mais uma vez, aqui você encontra de tudo. Acho isso fantástico. Somente no centro de São Paulo conseguimos ter a real dimensão desta cidade e de seus moradores. Aqui a vida pulsa. O centro nos tira da bolha que alguns bairros paulistanos insistem em nos colocar.

Como já disse, sou apaixonada pelo centro de São Paulo e, na minha opinião, morar aqui é maravilhoso!

 

4 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *