Vila dos Orixás, Morro de São Paulo

Longe do agito e badalação da vilinha de Morro de São Paulo encontra-se o hotel Vila dos Orixás, um convite a tranquilidade e descanso na Bahia.

Processed with VSCOcam with hb2 preset

Espreguiçadeiras em frente a praia

Localizado na região conhecida como Costa do Dendê, Morro de São Paulo, hoje um dos pontos turísticos mais visitados do nordeste brasileiro, é conhecido por seu agito e badalação e, claro, belas praias.

Para chegar neste paraíso baiano, leva em torno de 25 minutos a 3 horas, dependendo do meio de transporte utilizado, saindo de Salvador. Mais detalhes no final do post.

Mas mesmo quem curte sossego, muito sossego, conforto, bom atendimento e excelente comida, pode aproveitar Morro de São Paulo. E para isso, o hotel boutique Vila dos Orixás é a melhor pedida. Localizado na Praia do Encanto, ou Quinta Praia, é afastado de tudo com, praticamente, uma praia particular e deserta. Na minha opinião, o melhor tipo de praia. Sim, confesso que detesto praia cheia de gente, barraquinhas, gente vendendo queijo, sanduíche… Para mim, praia boa é sem ninguém, apenas a areia e o mar.

O Vila dos Orixás fica há uns 20 minutos do centrinho de Morro. O hotel possui transporte para buscar / levar os hóspedes para o centro praticamente o dia todo. Então, dá para aproveitar os dois lados do local, a tranquilidade do hotel e o agito da vila. Mas preciso confessar, que não fomos nenhum dia para a vila. Acabamos ficando somente no hotel mesmo.

Bom, para chegar no hotel, é uns 20 minutos de caminhada do porto de Morro de São Paulo até onde o carro do hotel fica estacionado. Ali no centrinho, não é permitido carros. Eu recomendo utilizar um dos meninos que ficam no porto para levar as malas. A chegada é bem íngrime, então, eu acho que vale a pena. Eles cobram de R$ 10,00 a R$ 20,00 por mala. Mas tem que negociar.

Depois da caminhada, pegamos o carro do hotel, que dirige por mais uns 20 minutos. A sensação é que você está realmente indo para o meio do nada.

Depois de todo perrengue, a chegada ao Vila dos Orixás, é a recompensa. O hotel é todo feito por bangalôs bem espaçados, o que dá uma maior sensação de privacidade.

Chegada a recepção

Chegada a recepção

 

Bangalôs espalhados pelo hotel

Bangalôs espalhados pelo hotel

O hotel possui uma piscina rodeada por palmeiras e árvores e na parte da frente a praia.

Piscina

Piscina

Piscina

Piscina

Piscina

Piscina

Como disse, a praia em frente ao hotel é deserta e o mar é super calmo, praticamente uma piscina. Nessa época que fui, maio, a maré fica bem baixa e você anda muito dentro do mar com a água abaixo do joelho.

Praia do Encanto em frente ao hotel

Praia do Encanto em frente ao hotel

Praia em frente ao hotel

Praia em frente ao hotel

Praia em frente ao hotel

Praia em frente ao hotel

O serviço no Vila dos Orixás é excelente. Todos são super solicitos e amigáveis. A gastronomia também é muito boa. O cardápio é enxuto, mas com boas opções de frutos do mar, carne e massa. Tudo muito fresco e bem elaborado. O café da manhã, apesar de não possuir muita opção, também é bem gostoso. Nos falaram que os pães são feitos lá mesmo e são deliciosos. Confesso que me surpreendi muito com a gastronomia deles. Realmente, muito boa. E também não achei absurdamente cara. Não estou falando que é de graça, mas comprada com os preços de São Paulo, é bem mais barata e a qualidade, muitas vezes superior.

Restaurante

Restaurante

Eles possuem 3 opções de quarto: apartamento standard, bangalô luxo e bangalô superior. Acabei optando pelo bangalô superior e gostei bastante. Eu não recomendaria o apartamento standard, pois achei bem pequeno e pelo que pude dar uma olhada lá no hotel, os quartos são do lado um do outro. Então, no bangalô superior e luxo você tem mais espaço e não tem ninguém do seu lado, ou seja, mais privacidade.

Um dos bangalôs

Um dos bangalôs

Bangalô superior

Bangalô superior

Enfim, como disse o hotel Vila dos Orixás é perfeito para tirar umas férias de São Paulo e recarregar as energias. Fica a dica pessoal 😉

Para acessar o site do hotel, clique aqui.

Como chegar em Morro de São Paulo
Existem 3 opções para ir para Morro de São Paulo: marítimo, semi terrestre e aéreo. Todos são saindo de Salvador. Eu optei pelo marítimo, mas como o tempo não estava muito bom, tivemos que fazer o semi terrestre.

Funciona assim, você pega um catamarã do Mercado Modelo em Salvador até Itaparica. Este trecho dura em torno de 45 minutos. Depois pega uma van por mais 1,5 hora e por último, uma lancha até Morro de São Paulo. Este último trecho dura em torno de 15 minutos.

Um casal que voltou com a gente nos falou que eles fizeram a ida toda marítima e foi horrível. Parece que o catamarã balança muito e a diferença de tempo não é tão grande assim.

De qualquer forma, acho que a melhor maneira é ir de avião. É mais caro, mas é a maneira mais rápida e prática.

Outra coisa, eu fortemente recomendo comprar os bilhetes de ida e volta através de uma operadora de turismo, ao invés de comprar na hora em Salvador. Na volta de Morro de São Paulo, tivemos um super problema e só conseguimos resolver pois compramos os bilhetes com uma operadora, então, eles mandaram um lancha buscar a gente. Eu utilizei a Zulu Turismo, mas tem várias.

Para checar os horários e valores das três opções, clique aqui.

Melhor época para visitar
Os valores na baixa temporada, maio e junho, são melhores, mas costuma chover mais.

Durante a alta temporada, dezembro, janeiro e fevereiro, os valores são mais altos e o local fica lotado.

Dicas extras
1) Para ir para Morro de São Paulo, o ideal é sair de Salvador. Por isso, recomendo planejar sua viagem chegando em Salvador e a saída para Morro de São Paulo, no dia seguinte. Vale fazer isso na volta também. Na saída de Morro de São Paulo, ficar em Salvador e voltar para São Paulo no dia seguinte.

2)Leve repelente.

3) Morro de São Paulo é praia. Meninas, deixem os saltos em casa.

4) Contrate um dos carregadores de bagagem, mas lembre-se de negociar o valor antes. Normalmente, eles cobram de R$ 10,00 a R$ 20,00 por bagagem.

5) O Vila dos Orixás possui sistema de day use. Então, mesmo que não se hospede lá, vale a pena passar um dia.

6) Na entrada de Morro de São Paulo, é preciso pagar uma taxa, em torno de R$ 15,00 por pessoa.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *